Pela segunda vez em 175 anos, IAB será presidido por uma mulher

Migalhas - 10/4/2018

Eleições ocorrem nesta quarta-feira, mas somente uma chapa, encabeçada por Rita Cortez, se inscreveu no pleito.

terça-feira, 10 de abril de 2018

 
   

IAB – Instituto dos Advogados Brasileiros realizará nesta quarta-feira, 11, a eleição para definir sua nova diretoria, que comandará o instituto durante o biênio 2018/2020. Apesar da votação, a nova diretoria já está formada, já que apenas uma chapa se inscreveu para o pleito: a de Rita Cortez, atual 1ª vice-presidente do instituto, que também conta com membros da atual diretoria.

Rita, que encabeça a chapa, será a segunda mulher a assumir a presidência nacional do IAB em 175 anos de existência do instituto. A primeira foi Maria Adélia Campello Rodrigues Pereira, que presidiu a entidade durante o biênio 2006/2008. A posse da futura presidente está marcada para o dia 9 de maio.

Continuidade

Atualmente, o instituto é comandado por Técio Lins e Silva. Para o atual presidente, os membros da futura diretoria se reuniram em prol da continuidade dos trabalhos e do propósito de recolocar o IAB no patamar mais elevado das discussões sobre grandes temas nacionais. "Passarei o bastão com a tranquilidade do dever cumprido e de que o trabalho terá prosseguimento", disse.

De acordo com Rita, a nova gestão pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela atual diretoria. "Os avanços alcançados na administração presidida por Técio Lins e Silva, comprometida com a tradição de ser a vanguarda do Direito, principalmente neste momento em que é fundamental a defesa do estado constitucional e das liberdades democráticas, são visíveis e marcam a história do IAB", afirmou.

Entrevista

Durante a XVI Conferência da Advocacia Mineira, em março deste ano, Rita Cortez concedeu entrevista à TV Migalhas. Na ocasião, a futura presidente do IAB disse que o momento atual da política, do Judiciário e da sociedade brasileira tem sido difícil.

"É um momento que exige muita união dos advogados, muita união de todas as instituições e eu acho que a nossa presença endossa essa necessidade de conjugar esforços para que a gente possa brigar e lutar por uma sociedade melhor", pontuou Rita.

Votação

Apesar da certeza sobre quem assumirá o comando do IAB, as eleições só se concretizam nesta quarta-feira. Na última segunda, 9, o instituto iniciou a apuração dos votos enviados por e-mail apenas pelos membros efetivos que residem fora do Estado do Rio de Janeiro, onde fica a sede do instituto.

Os membros do IAB que residem no RJ deverão comparecer à eleição desta quarta-feira na sede da entidade, pois não têm direito ao voto eletrônico – concedido somente aos membros de outras unidades federativas após a última decretação de greve por parte dos Correios, que prejudicou o envio de cédulas físicas a outros Estados.

De acordo com a comissão eleitoral do instituto, somente membros efetivos admitidos como consócios até o dia 11 de dezembro de 2017 que estejam com suas obrigações associativas em dia poderão votar na eleição. Aqueles que tem débitos com a entidade poderão quitá-los até o horário final da votação para obter o direito de participar do pleito. Os votos rasurados serão anulados.

_________________

Instituto dos Advogados Brasileiros

Fonte: http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI278099,11049-Pela+segunda+vez+em+175+anos+IAB+sera+presidido+por+uma+mulher