Quarta, 01 Setembro 2021 22:03

Instituto manifesta solidariedade à comunidade israelita e repudia discriminação religiosa

Moção de solidariedade à comunidade israelita do Rio de Janeiro e do Brasil foi aprovada por aclamação pelo plenário do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), na sessão ordinária virtual desta quarta-feira (1º/9). No dia 22 de agosto último, hackers invadiram um evento online organizado pela Associação Religiosa Israelita (ARI) do Rio de Janeiro em homenagem póstuma à educadora Dora Fraifeld, que foi diretora da Escola Eliezer Max, e exibiram mensagens antissemitas. 
No documento, redigido pela Comissão de Direito e Liberdade de Religiosa, o IAB repudia “toda e qualquer manifestação de discriminação étnica ou religiosa, por compromisso e observância irrenunciáveis aos direitos fundamentais constitucionais da dignidade da pessoa humana e da liberdade religiosa humana”. Na moção de solidariedade, o IAB também informa que, “além do repúdio a todos os atos de violação das garantias constitucionais, augura que sejam investigados e punidos os responsáveis, à luz do ordenamento jurídico nacional”.

Clique abaixo e acesse a íntegra da moção.