Nota de pesar - Dom Paulo Evaristo Arns

JusBrasil - 14/12/2016
O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB Nacional) manifesta o seu profundo pesar com a morte, nesta quarta-feira (14/12), aos 95 anos, do cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo.

Conhecido como o "cardeal da resistência", Dom Paulo Evaristo Arns transcendeu a condição de líder espiritual e transformou-se em personagem histórico e universal, ao defender corajosamente a democracia e combater as desumanidades do totalitarismo durante o período da ditadura militar instaurada em 1964.

Ao criar, em 1972, a Comissão Justiça e Paz de São Paulo, para dar proteção por meio da esfera jurídica aos perseguidos políticos e seus familiares, independentemente de suas opções religiosas, Dom Paulo Evaristo Arns tornou-se uma das vozes mais ativas e respeitadas em um dos momentos mais nefastos da história do Brasil.

Com o nosso luto, as homenagens a um grande exemplo de brasileiro, símbolo na defesa dos direitos humanos.

Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2016.

Técio Lins e Silva Presidente nacional do IAB