Sexta, 04 Outubro 2019 18:55

Presidente do IAB fala sobre desafios para escritórios de advocacia, em evento do Cesa, em Fortaleza

Da esq. para a dir., Rita Cortez, Juvêncio Vasconcelos Viana, Tiago Asfor Rocha Lima, Raul Araújo Filho, Cajé, Erinaldo Dantas, Cid Marconi Gurgel de Souza e Renato José Cury Da esq. para a dir., Rita Cortez, Juvêncio Vasconcelos Viana, Tiago Asfor Rocha Lima, Raul Araújo Filho, Cajé, Erinaldo Dantas, Cid Marconi Gurgel de Souza e Renato José Cury
A presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, integrou as mesas de abertura e encerramento do III Encontro das Sociedades de Advogados do Norte e Nordeste, realizado nesta sexta-feira (4/10), em Fortaleza (CE), pelo Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa), presidido por Carlos José Santos da Silva, o Cajé. “Os temas escolhidos pelo Cesa para este encontro, como compliance, inteligência artificial, Lei Geral de Proteção de Dados, honorários advocatícios, gestão e inovação, estão na ordem do dia e representam desafios para os escritórios de advocacia”, afirmou Rita Cortez. Segundo a presidente do IAB, “muitos escritórios ainda não se deram conta das repercussões que tais itens terão nas rotinas de gestão e estruturação de suas atividades jurídicas”.
Também compuseram a mesa de abertura os presidentes do Cesa/CE, Tiago Asfor Rocha Lima; da Associação dos Advogados de São Paulo (Aasp), Renato José Cury, e do Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro (Sinsa), Luís Otávio Camargo Pinto. Ainda de acordo com Rita Cortez, “o Cesa presta um grande serviço às sociedades de advogados e se alia ao IAB, como entidade conveniada, na discussão de temas atuais, polêmicos e de profunda importância para a advocacia”.

Houve palestras e debates nos painéis dedicados a temas como Gestão e inovações tecnológicas nas sociedades de advogados, Valorizando os honorários advocatícios e Compliance nas sociedades de advogados. O encontro foi encerrado com a palestra sobre Honorários de sucumbência no CPC, feita pelo ministro Raul Araújo Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Estavam à mesa Rita Cortez, Cajé, Tiago Asfor Rocha Lima, Renato José Cury, o presidente da OAB/CE, Erinaldo Dantas; o procurador-Geral do Estado do Ceará, Juvêncio Vasconcelos Viana, e o desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região Cid Marconi Gurgel de Souza.
 
Rita Cortez no painel Valorizando os honorários advocatícios