Rita Cortez participa de Roda de Conversa sobre Literatura e Direito na OAB Ceará

FONTE: OAB/CE - 07/10/2019
Neste sábado (5), a presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros – IAB, Rita Cortez, participou de uma roda de conversa em que foi lançada a pedra fundamental do Projeto Literatura e Direito. Segundo a professora doutora, membro da Comissão Nacional Especial de Autonomia Universitária da OAB e vice-presidente do IAC, Ana Paula Araújo, que está à frente do projeto, a ideia é provocar reflexões jurídicas a partir de textos literários. “Vamos nos debruçar em textos que vão dos clássicos aos modernos, passando, por exemplo, pela obra de Machado de Assis, e usando também a literatura produzida pelas colegas advogadas do IAB e do IAC”, destacou. Ainda segundo Ana Paula Araújo, a roda de conversa permitiu a troca de livros, conhecimentos, saberes, experiências e produções. “Esse é o propósito do projeto que deve promover pelo menos uma reunião por mês. O calendário está sendo definido ao longo deste mês de outubro”, afirmou. Rita Cortez, a segunda mulher a presidir o IAB em 176 anos de história, destacou que é muito importante cada vez mais o Instituto estar presente e ser atuante nos locais em que se discute o Direito. Segundo ela, o trabalho do Instituto é bem abrangente e tem uma política de conjugar seus esforços, o seu trabalho cultural, educacional, intelectual e científico com outras instituições como o IAC e a OAB Ceará. “Temos convênios com algumas Seccionais e o trabalho do Instituto é congregar todos os esforços dessas entidades, numa política de união. Isso é muito importante e nos enche de orgulho”, afirmou.


Na ocasião, a advogada e professora doutora, Maria Vital da Rocha, foi empossada como membro do Instituto dos Advogados Brasileiros – IAB, pela presidente Rita Cortez, em solenidade realizada na sala do Instituto dos Advogados do Ceará – IAC, na Sede da OAB Ceará. Também estiveram presentes o Conselheiro Federal, Hélio Leitão; o presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas; o presidente do IAC, João Lemos; o secretário-geral adjunto da CAACE, Mário Albuquerque.

Maria Vital já é membro efetivo do IAC e atualmente é conselheira; é professora adjunta da Faculdade de Direito da UFC, onde leciona na graduação, no mestrado e no doutorado; é professora do Centro Universitário 7 de Setembro, UNI7, onde coordena o curso de graduação em direito e leciona no curso de mestrado em direito; é procuradora federal, aposentada, desde dezembro de 2017; e é vice-presidente da Associação Iberoamericana de Derecho Romano- AIDROM. Para Maria Vital, é uma honra ser empossada no IAB.

Segundo Erinaldo Dantas, falar em IAB, IAC e OAB, é na verdade falar da mesma instituição, que nos anos 30 passou a ter uma nova roupagem. “Para mim é motivo de muita honra ter aqui a representante máxima da advocacia brasileira e a honra é dobrada por ser uma mulher como a Rita Cortez. Precisamos de mulheres como ela para inspirar os jovens a estarem seguindo esse caminho”, declarou.


FONTE: OAB/CE - 07/10/2019