'Democracia precisa agir em legítima defesa contra milícias digitais'

FONTE: Monitor Mercantil - 12/8/2020