Advogados defendem que tecnologia não pode ampliar distanciamento da magistratura

FONTE: Negócios Jurídicos - 4/12/2020